Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Aprendi...

“ Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém. 

Posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e Ter paciência, para que a vida faça o resto.

Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las.

Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos.

Que posso usar o meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando.

Eu aprendi...Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida.

Que por mais que se corte uma pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho.

Aprendi... Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência.

Mas, aprendi também que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei.

Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles.

Que os heróis são pes…

Tal pai, tal filho...

Imagem
Certo dia, enquanto comprava material escolar com meu filho, um homem aproximou-se e me disse: - Não me lembro do nome da senhora, mas tenho certeza que esse é o filho do ...  Esse dia é lembrado por meu marido milhares de vezes e ainda hoje ele se sente muito orgulhoso toda vez que conta esta história! Meu filho é o pai "zipado". Não tem jeito, filho lembra o pai. Seja na aparência física, no modo de andar, falar, nos gestos … caráter, princípios... É uma cópia reduzida do original. Fico me perguntando se me assemelho com meu Deus, se minhas características são a extensão de seu ser. Questiono também por que muitas pessoas próximas a nós não possuem as mesmas marcas do nosso Deus. Em 1 Jo 3.9, lemos:  “Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus. " A palavra SEMENTE é o próprio DNA. Em nosso ser podemos possuir o DNA de Deus!!!  Para nós, pequenos mortais, é um privilégio poder se parecer co…